( SOCORRO )
CARTA ABERTA
Por meio desta, procuro informar, ou até mesmo denunciar, a quem interessar possa. Um ato de violencia e extrema covardia, de pessoas as quais eu cito: Délio Lucio dos Santos Lima e sua esposa Claudia, moradores na rua Lídia 370
No dia: 01/02/2017 as 17:00 horas, Ao sair de casa para comprar pão, fui agredido por Délio e o seu filho, com um chute nas costas, na Rua Lídia em frente a vila que eu moro; conseguir naquele momento correr e fui logo procurar ajuda de policiais da área, pois os agressores
ficaram aguardando o meu retorno para casa para continuar com as agressões.
Os policiais me acompanharam até em casa, para que eu pegasse meus documentos e fosse até a 53º Delegacia e registrasse a ocorrencia; assim o fiz.
Passado tres dias do ocorrido, precisamente no dia 04/02/2017 as 22:30 horas, estando em casa eu e minha esposa, preparando-nos para dormirmos, surge no portão de minha casa, dois indivíduos desconhecidos que chamaram-me pelo meu nome; dizendo a minha esposa que me conhecia e queria falar comigo; ao atende-los disseram-me que Claudia, esposa de Délio, que dizendo-se minha senhoria, reclamou aos mesmos, que eu havia apontado um oitão "referindo-se a um revolver" para ela; disseram-me tambem, que se eu por acaso tiver algum probema com alguem, deveria eu, procurar por eles que mandam na área e não a polícia; expliquei a eles que não teria acontecido nada disso, que ela não era minha senhoria e estaria mentindo, que eu era o propietário da casa; disseram então que iria averiguar.
Porém, passou apenas tres ou quatro minutos, eles voltaram com mais outro individou, chamaram-me novamente e quando eu atendi, um dos indivídos sacou uma pistola e por entre a grade do portão, apontou para mim, dizendo que eu encostasse na parede; afastando-me devagar para traz, como se fosse encostar na parede, num reflexo progetei-me paradentro da sala e fechando a porta, gritei a minha esposa: ligue para policia; enquanto minha esposa e eu, apavorados tentava ligar para 190, eles forçavam o portão que é forte, tentando arromba-lo, muito desesperado conseguimos ligar para policia, que nos atendeu dizendo que imediatamente enviaria uma viatura para nos atender; poucos minutos após, chegaram os policiais militares; informei a eles o ocorrido e eles me orientaram-nos a fazer outro registro de ocorrencia via on line pois a Delegacia estava em greve,e procurasse nos proteger naquele momento de algum forma, que eles estariam por ali proximos.
esta atitude maldosa de Délio e esposa é querendo tomar a casa que minha mãe me deixou, quando faleceu em sua casa, de uma forma muito estranha ao meu ver, quando era mal cuidada por eles.
"se alguem poder me ajudar, de alguma forma, por favor pesso encarecidamente, pois a policia civil está em greve e a polica militar não pode ficar em minha porta, estamos eu, e minha esposa encurralados dentro de casa". resido na Rua Lídia 361 casa 16 Chatuba- Mesquita- Rio de Janeiro... ( s o s )

Translate





5 dicas para tirar vantagem da nova regra do rotativo do cartão de crédito

Téo Takar
Colaboração para o UOL, em São Paulo

O governo anunciou novas regras para o uso do rotativo do cartão de crédito. A mudança deve trazer alívio ao consumidor que costuma pagar apenas o valor mínimo da fatura e acaba entrando na bola de neve dos juros (que hoje passam de 15% ao mês, ou 450% ao ano).

A partir de 3 de abril, o rotativo só poderá ser usado por, no máximo, 30 dias. Depois desse prazo, ou o cliente quita a fatura vencida acrescida dos juros do rotativo, ou o banco terá que oferecer uma alternativa, que pode ser o parcelamento da dívida. Hoje, não há limite de tempo para uso dessa linha de crédito.

A expectativa do governo é que o custo do cartão de crédito caia pela metade com a mudança. Veja abaixo XX dicas para tirar vantagem da mudança.

1) Pague 100% da fatura

Para quem está com as contas em dia e paga 100% da fatura do cartão no vencimento, nada muda com a nova legislação. E essa continua sendo a melhor opção para evitar pagar juros.

2) Não aceita a primeira oferta

Esse é o primeiro ponto a que o consumidor precisa ficar atento: após os 30 dias no rotativo, cada banco pode definir quais alternativas vai oferecer ao cliente. O Banco Central não definiu nenhuma regra quanto a taxas de juros ou número de prestações. A princípio, os juros serão menores do que no rotativo.

"Nossa expectativa é que os clientes sejam levados a trocar o rotativo do cartão, cuja taxa está em 450% ao ano (15% ao mês), por uma modalidade de crédito parcelado, com juros na casa de 150% ao ano (8% ao mês)", afirma o diretor de economia da Anefac (associação dos profissionais de finanças), Roberto Vertamatti.

"Ainda assim, ela seria a terceira linha de crédito mais cara do mercado, atrás apenas do rotativo do cartão e do cheque especial. Portanto, eu não ficaria muito animado."

Ou seja: a alternativa oferecida pelo banco pode não ser necessariamente a melhor para você. A recomendação de Vertamatti é pesquisar outras opções de empréstimo dentro do próprio banco e também em outras instituições.

"A concorrência, ainda que seja pequena no Brasil, tende a aumentar com as mudanças que foram anunciadas. Por isso, o consumidor deve ficar mais atento, pesquisar e trocar de cartão ou de banco, se for o caso."

3) Empréstimo pessoal pode ser melhor que o parcelado

Uma simulação* feita pelo aplicativo de finanças pessoais Guia Bolso para o UOL mostra que apelar para o empréstimo pessoal para pagar a dívida do cartão de crédito pode sair mais barato do que parcelar essa dívida do cartão com o banco.

Por exemplo, um consumidor com uma dívida de R$ 1.000 no cartão de crédito:

  • pela regra atual do rotativo, após 1 ano pagará R$ 2.213,76 no total;
  • pela nova regra, se ficar 1 mês no rotativo e parcelar a dívida em 11 vezes, pagará R$ 1.771,99 no total;
  • se fizer um empréstimo pessoal para cobrir a dívida do cartão, pagará R$ 1.381,56 no total.

Nesse caso, com a nova regra o consumidor deixa de pagar R$ 441,77 em juros. Porém, se optar pelo empréstimo pessoal para quitar a fatura do cartão em dia, deixará de pagar R$ 832,20 em juros.

Outro exemplo: um consumidor com uma dívida de R$ 5.000 no cartão de crédito:

  • pela regra atual do rotativo, após 1 ano pagará R$ 11.068,80 no total;
  • pela nova regra, se ficar 1 mês no rotativo e parcelar a dívida em 11 vezes, pagará R$ 8.859,84 no total;
  • se fizer um empréstimo pessoal para cobrir a dívida do cartão, pagará R$ 6.907,68 no total.

Nesse caso, com a nova regra o cliente deixa de pagar R$ 2.208,96 em juros. Se optar pelo empréstimo pessoal para quitar a fatura do cartão em dia, deixa de pagar R$ 4.161,12 em juros.

4) Cuidado ao voltar a usar o cartão

A nova regra não definiu como fica o limite de gastos no cartão após o prazo de 30 dias no rotativo. O consumidor tem seu limite de crédito reduzido até quitar a dívida?

"Não há uma regra. Ficará a critério de cada banco restabelecer o limite original do cartão ou considerar que aquele novo empréstimo alternativo continua restringindo o limite. Vai depender muito do relacionamento do banco com o cliente", diz Vertamatti.

De toda forma, o consumidor deve ficar atento ao quanto pode pagar, e não ao limite oferecido pelo banco, alerta o especialista. "A pessoa precisa aprender a usar melhor o crédito para não se endividar ainda mais."

5) Consulte o banco sobre como será a migração

Não está claro ainda se a migração do rotativo do cartão de crédito para um financiamento alternativo será automática, ou se o cliente terá que expressar a sua escolha de alguma forma. Procurados pela reportagem, os principais bancos se limitaram a elogiar a decisão do Banco Central, mas não deram detalhes sobre as estratégias que cada um irá adotar com os clientes, nem sobre as opções de empréstimo que serão oferecidas.

O Banco do Brasil, por exemplo, se antecipou às medidas e lançou uma campanha de educação financeira no início deste ano direcionada aos 2 milhões de clientes que estão usando o rotativo. O banco está orientando esses clientes a migrar para uma linha especial de parcelamento, com custo menor, mas não detalhou as taxas praticadas. "O BB não só apoia essas medidas, como anunciou uma redução de até quatro pontos percentuais na taxa praticada no rotativo, o maior corte do mercado", declarou o presidente da instituição, Paulo Caffarelli.

O BB disse que informará até 15 de fevereiro como ocorrerá o parcelamento automático da fatura para os clientes que ultrapassarem os 30 dias no uso do rotativo do cartão. "Os clientes podem ficar tranquilos porque tudo será comunicado previamente. Esse período de transição é justamente para definirmos as condições mais adequadas aos diferentes perfis dos nossos clientes", disse Marcelo Labuto, vice-presidente de Negócios de Varejo.

O Itaú Unibanco diz que, desde 2012, adota o Itaucard 2.0, um modelo alternativo de cartão que oferece juros menores para o consumidor. "De forma geral, acreditamos que ainda há espaço para redesenhar o sistema de cartão de crédito no Brasil, com um rebalanceamento dos custos dos vários tipos de pagamento e financiamento. As medidas divulgadas pelo governo são um passo importante na direção de modernizar esse setor", disse o diretor executivo da área de cartões, Marcos Magalhães.

O Bradesco afirmou, em nota, que as medidas são "um avanço que trará eficiência nas relações com os consumidores". O banco disse que ainda fará os ajustes necessários em seus sistemas para se adaptar à nova regulamentação.

O presidente do Santander, Sérgio Rial, disse que as medidas seguem na direção certa, porque o que está em jogo é a viabilidade financeira das pessoas. "Existe uma complexidade operacional, que vamos superar para oferecer um crédito parcelado condizente com a capacidade de pagamento do cliente."

* A simulação considera, para a regra atual do rotativo do cartão de crédito, que o consumidor paga apenas o valor mínimo da fatura e joga o restante da dívida no rotativo; foi considerada uma taxa de 15% ao mês, que corresponde à média praticada hoje no mercado. Para as novas regras, foi considerado um mês de taxa do rotativo, mais 11 prestações com taxa de 8% ao mês cada. Para o empréstimo pessoal, foi considerada taxa de 5,36% ao mês, que corresponde à média do mercado.

Reforma trabalhista tira direitos e permite jornada de 24 horas, diz MPT

Do UOL, em São Paulo

O Ministério Público do Trabalho (MPT) criticou a proposta de reforma trabalhista apresentada pelo governo no final do ano passado e pediu que partes do texto sejam rejeitadas pelo Congresso. Segundo o órgão, o "único propósito" da reforma é "permitir a exclusão de direitos trabalhistas".

As críticas foram feitas em nota técnica assinada pelo procurador-geral do Trabalho, Ronaldo Curado Fleury, e divulgada nesta terça-feira (24).

O MPT critica a decisão de fazer acordos entre sindicatos e empresas se sobreporem às leis trabalhistas em alguns pontos e diz que isso já vale atualmente, desde que a negociação seja mais favorável do que as leis --com a criação de um novo benefício ou aumento de algum que já exista, por exemplo.

Há de se concluir que a exclusiva razão de ser da proposta é garantir que se possa reduzir direitos dos trabalhadores através de acordos e convenções.

O governo nega que a reforma tire direitos dos trabalhadores e diz que "não há negociado sobre o legislado".

"O texto diz que a convenção coletiva terá força de lei, não que será maior do que a lei", afirmou o Ministério do Trabalho, na época do anúncio da proposta.

"Jornada de 24 horas"

O MPT cita, ainda, a possibilidade de mudar a forma como a jornada de trabalho é organizada --um dos pontos que poderiam ser negociados, de acordo com a proposta do governo.

Para o Ministério Público, "pretende-se abolir qualquer limite de horas à jornada diária", apenas o de 220 horas por mês, e que seriam admitidas "jornadas de 24 horas de trabalho, ou até mais, que levam obviamente à completa exaustão e exaurimento das forças físicas e mentais do ser humano".

A regra pretendida no PL [projeto de lei] conduziria, portanto, a situações odiosas, como a admissão de jornadas de trabalho típicas do século 17, que levam à destruição da saúde do trabalhador.

Governo diz que máximo é de 12 horas por dia

Desde que a proposta de reforma foi divulgada, o governo tem dito que a jornada de trabalho padrão continuará sendo a de 8 horas diárias ou 44 horas semanais, e que não será permitido trabalhar mais do que 12 horas por dia.

Em explicação recente ao UOL, o Ministério do Trabalho afirmou que seria possível, por exemplo, trabalhar 12 horas em alguns dias da semana, mas ter três dias semanais de folga remunerada.

O governo nega também que a reforma tire direitos do trabalhador. "Não será tirado nenhum direito do trabalhador. Estamos apenas dando liberdade ao trabalhador para que ele, através do sindicato, decida a melhor forma de usufruir seus direitos", afirmou o Ministério do Trabalho.

Não sabe se tem dinheiro em contas inativas do FGTS? Veja como descobrir

Sophia Camargo
Do UOL, em São Paulo

  • Letícia Moreira/Folhapress

O presidente Michel Temer anunciou nesta quinta-feira (22) que os trabalhadores poderão sacar todo o saldo das contas do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) que estavam inativas até 31 de dezembro de 2015.

Essas contas inativas são criadas quando o trabalhador deixa o emprego. Atualmente, ele só pode sacar o dinheiro ao se aposentar, para comprar a casa própria ou quando completa três anos desempregado.

O calendário de saque será baseado na data de nascimento dos trabalhadores e deve ser divulgado até 1º de fevereiro de 2017, segundo o governo.


1º passo: saber o nº do PIS, Pasep ou NIT

É fundamental saber o número do PIS/Pasep ou o NIT (Número de Identificação do Trabalhador). O NIT é um código de identificação fornecido pela Previdência Social para quem não tem inscrição no PIS ou no Pasep --como o trabalhador doméstico, por exemplo.

Esses números podem ser localizados no cartão PIS/Pasep ou na carteira de trabalho.

Se não encontrar esses números, é possível ligar e perguntar na Central de Atendimento da Previdência Social: telefone 135, funciona das 8h às 23h, de segunda-feira a sábado. É preciso informar alguns dados pessoais, como nome completo, nome da mãe, número do CPF e data de nascimento. O número é fornecido na hora.


2º passo: onde pesquisar?

=> Agência da Caixa

O trabalhador pode ir a uma agência da Caixa Econômica Federal, levando documentos de identificação, carteira de trabalho e o número do PIS, Pasep ou NIT.

=> Pela internet

Também é possível tirar o extrato pela internet no site da Caixa. Com o número do PIS, Pasep ou NIT em mãos, acesse o endereço http://zip.net/bdnfct (link encurtado e seguro). Nessa página, preencha um cadastro (com nome completo, nome do pai, nome da mãe, CPF, RG, título de eleitor e data de nascimento), confirme os dados e crie uma senha.

Serão informados os seguintes dados da conta:

  • Dados cadastrais do empregador;
  • Dados cadastrais do empregado;
  • Data da última atualização realizada no saldo;
  • Saldo;
  • Todos os lançamentos verificados na conta (débitos e créditos) relativos ao mês corrente mais os seis meses anteriores.

=> Por aplicativo de celular

O trabalhador pode consultar o FGTS por meio de aplicativo para celular, disponível para download gratuito em celulares de qualquer sistema operacional: Android (na Google Play), iOs (na App Store) e Windows (na Windows Store).

Também é preciso informar o número do PIS, Pasep ou NIT e ter uma senha cadastrada.

Se ainda não tem senha cadastrada, acesse o endereço http://zip.net/bdnfct (link encurtado e seguro). Nessa página, preencha um cadastro (com nome completo, nome do pai, nome da mãe, CPF, RG, título de eleitor e data de nascimento), confirme os dados e crie uma senha.

=> Por mensagem de SMS

O trabalhador pode se cadastrar para receber informações do extrato do FGTS por mensagens no celular. Porém, ao aderir a esse serviço, deixa de receber o extrato bimestral em papel em casa. O extrato anual do FGTS, com as informações consolidadas do ano, continuará a ser enviado pelo correio.

Como se cadastrar no serviço de SMS? Com o número do PIS, Pasep ou NIT em mãos, acesse o endereço http://zip.net/bdnfct (link encurtado e seguro). Nessa página, preencha um cadastro (com nome completo, nome do pai, nome da mãe, CPF, RG, título de eleitor e data de nascimento), confirme os dados e crie uma senha.


Como sacar o FGTS pelas regras atuais?

Atualmente, é possível sacar o FGTS nas seguintes situações:

  • estar há três anos seguidos sem emprego com carteira assinada;
  • ter sido despedido sem justa causa (nesse caso, só pode sacar o dinheiro relativo ao último emprego);
  • ter se aposentado;
  • para comprar a casa própria.
  • Veja aqui a lista de todas as possibilidades de saque: http://zip.net/bxtrP1

Tendo direito, é preciso comparecer a uma agência da Caixa com documento de identificação com foto, carteira de trabalho e número de inscrição no PIS/Pasep. Além disso, são exigidos documentos específicos, dependendo da circunstância em que o trabalhador solicitar o saque do FGTS.

Se o trabalhador foi demitido sem justa causa, cabe ao empregador comunicar o ocorrido à Caixa. Em até cinco dias úteis o trabalhador poderá sacar seu benefício.

Nos demais casos, a solicitação de saque é feita pelo próprio trabalhador, que deve comparecer a uma agência da Caixa portando os documentos.


Exceção: saque inferior a R$ 1.500

O saque de valor igual ou inferior a R$ 1.500,00 pode ser feito nas casas lotéricas, nos correspondentes Caixa Aqui ou nos caixas eletrônicos para trabalhadores que têm o Cartão Cidadão e senha. O Cartão Cidadão pode ser solicitado nas agências da Caixa ou pelo telefone 0800 726 0207.

Nas demais situações, o saque dos recursos só pode ser feito em uma agência da Caixa.


Sonho

fácil
porções
min

receita de Benjamim Abrahão.

Divulgação

Conversor de medidas

Fonte: Profood Solutions Consultoria de Restaurantes

Ingredientes

  • 500 grama(s) de farinha de trigo
  • 50 grama(s) de fermento de pão
  • 100 grama(s) de margarina
  • 100 grama(s) de açúcar
  • 2 ovos
  • 1 pitada(s) de sal
  • 1 pitada(s) de vanilina ou baunilha
  • 1 copo(s) de água aproximadamente

Recheio

  • 1/2 litro(s) de leite
  • 250 grama(s) de açúcar
  • 75 grama(s) de farinha de trigo
  • 4 gemas
  • 1 pitada(s) de vanilina ou baunilha

Modo de preparo

Figurinha conhecida nas prateleiras das padarias e confeitarias brasileiras, o sonho é o que o próprio nome diz. A receita do Benjamim Abrahão então é perfeita e fica divina num lanche da tarde. Faça uma esponja com 50 gramas de farinha de trigo, o fermento e um pouquinho de água. Deixe-a descansar por uns 15 minutos. Após este descanso, adicione o restante dos ingredientes e faça uma massa bem macia. Espere o crescimento desta massa durante uns 10 minutos. Faça os modelos em bolinhas de 30 gramas cada uma e coloque-as em assadeiras levemente untadas. Espere o crescimento coberto com um pano, até quase atingir o seu dobro. Após tudo pronto, frite-os em óleo lento, não muito quente.

Recheio

Leve o leite para ferver junto com a metade do açúcar. Quando estiver fervendo, misture a outra metade do açúcar com a farinha de trigo peneirada e despeje junto. Sempre mexendo para não encaroçar. Adicione o restante dos ingredientes, cozinhe por mais alguns instantes e está pronto o creme. Espere esfriar, recheie os sonhos e por cima polvilhe açúcar de confeiteiro.

O GUARDA COSTA

Pão de Queijo

PÃO DE QUEIJO

1 xícara de maisena;
1 ½ xícara de polvilho azedo;
1 colher(chá) de fermento em pó;
½ xícara de leite;
½ xícara de óleo Mazola;
1 ½ colher (chá) se sal;
1 ovo;
1 xícara de queijo tipo Minas duro ralado.

Misture bem os três primeiros ingredientes e umedeça com leite.Ferva ½ xícara de água com o óleo e o sal. Despeje sobre a mistura e mexa bem. Acrescente o ovo e o queijo amassando até obter uma massa homogênea. Faça bolinhas, usando duas colheres de sobremesa e coloque numa assadeira untada e enfarinhada. Leve ao forno quente por 25 minutos

VIDA

(((((((((((( VIDA ))))))))))))) Se a vida não fosse bela, seria difícil viver. Mais a beleza da vida, nem sempre se pode ter Quem tem a vida bela, e não sabe usufruir, destrói toda beleza, por não saber construir. Toda vida é bela quando se pode perceber, com a percepção se vive, toda beleza de viver Saber viver é uma Arte, quando se sabe viver, ou uma eterna batalha, lutar pra não morrer. (((((((((((( DEUS TE DEU A VIDA )))))))))))))